Preços do petróleo continuam em queda
4 abril, 2022 por
| Nenhum comentário ainda

O preço do petróleo fechou em queda na passada sexta-feira (1). O petróleo Brent e dos EUA caíram cerca de 13%, sendo uma das maiores quedas semanais nos últimos dois anos. 

Na quinta-feira (31 de março), a Casa Branca anunciou a maior libertação de petróleo de sempre da reserva estratégica norte-americana. O presidente dos EUA, Joe Biden, comunicou uma liberação de 1 milhão de barris por dia (bpd) de petróleo por seis meses a partir de maio. Ao todo, são 180 milhões de barris, a maior liberação já feita da Reserva Estratégica de Petróleo dos EUA (SPR, na sigla em inglês).

A decisão teve um grande impacto na cotação do crude nos mercados internacionais e, em Nova Iorque, o contrato de WTI transaciona abaixo dos 100 dólares (90,84 euros), o que não acontecia desde meados de março. Os contratos futuros do Brent perderam 0,3%, fechando em US $104,39 (94,82€) o barril. Já o petróleo dos EUA (WTI) recuou 1%, a US$ 99,27 (90,17€).

Os países-membros da IEA (Agência Internacional de Energia) realizaram uma reunião de emergência, esta sexta feira, e não chegaram a acordo em relação aos volumes ou os compromissos de cada país, disse Hidechika Koizumi, diretor da divisão de assuntos internacionais do Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão. Acrescentou, ainda, que detalhes adicionais podem ser conhecidos "mais ou menos na próxima semana".


Fonte:

Eco - Petróleo prolonga quedas e WTI já negoceia abaixo dos 100 dólares

Globo - Preços do petróleo recuam com acordo para liberação de reservas feita pelos EUA

PARTILHAR
Iniciar sessão to leave a comment