Volkswagen sem entregas de elétricos até 2023
Além da fabricante alemã, também a Mercedes está prestes a esgotar os seus modelos elétricos em 2022.
7 junho, 2022 por
| Nenhum comentário ainda

Considerada a segunda maior fabricante mundial de carros elétricos, a Volkswagen enfrenta agora novos constrangimentos. Limitações na cadeia de fornecimentos resultaram no esgotamento dos modelos para este ano.

A influência da guerra na Ucrânia tem sido notória no mercado, nomeadamente a nível da escassez de semicondutores e de outros componentes elétricos provenientes do país. A Volkswagen acabou por parar as entregas, tanto nos EUA como na Europa. Assim, quem encomendar agora o seu veículo elétrico não o irá receber antes de 2023. 

A covid-19 tem sido, também, um aspeto negativo na venda de automóveis, nomeadamente na China. A Volkswagen, que previa vender 700 000 carros elétricos no país, vendeu apenas 28 800 no primeiro trimestre.

Também a Mercedes está prestes a esgotar os seus veículos elétricos em 2022. A desaceleração da produção aliada à escassez de componentes e matérias-primas e à crescente demanda resultaram na venda de quase todos os exemplares.


Fontes: Portal EnergiaInsideEVs


PARTILHAR
Iniciar sessão to leave a comment