Painéis solares em todos os edifícios europeus para substituir energia russa
19 maio, 2022 por
| Nenhum comentário ainda

A instalação de painéis solares em edifícios comerciais e públicos será obrigatória até 2025 e para novos edifícios residenciais até 2029, de acordo com a iniciativa REPower EU, apresentada esta quarta-feira pela presidente da Comissão Europeia. Ursula von der Leyen visa, assim, dar uma resposta coordenada aos desafios energéticos com que o bloco europeu se depara desde que a guerra na Ucrânia eclodiu.

“A guerra de Putin coloca desafios fundamentais à nossa União. Assim, as propostas hoje apresentadas no Colégio de Comissários [Europeus] abordam a nossa segurança de abastecimento energético, a defesa e a nossa vizinha Ucrânia”, afirma a comissão num comunicado à imprensa.

A REPowerEU, que se propõe a substituir os combustíveis fósseis russos, é composta por três pilares: “Do lado da procura, poupar energia. Do lado da oferta, diversificando as nossas importações de energia além dos combustíveis fósseis e acelerando a transição de energia limpa”.

“Felizmente, temos os alicerces para o fazer já existentes. Já empreendemos uma transformação do nosso sistema energético para nos tornarmos neutros em termos climáticos – o nosso famoso Acordo Verde Europeu. E isto já era ambicioso. Mas hoje, estamos a levar a nossa ambição a mais um nível para garantir a nossa independência dos combustíveis fósseis russos o mais rapidamente possível. Esta é a REPowerEU. A REPowerEU ajudar-nos-á a poupar mais energia, a acelerar a eliminação gradual dos combustíveis fósseis e a dar o pontapé de saída aos investimentos numa nova escala”, é referido numa nota publicada hoje sobre o plano.

No que diz respeito aos montantes envolvidos, o bloco mobilizou em torno de 300 mil milhões de euros, dos quais aproximadamente 72 mil milhões de euros dizem respeito a subvenções e 225 mil milhões de euros a empréstimos.

Fonte: Jornal Económico

PARTILHAR
Iniciar sessão to leave a comment