Mercedes prepara fábricas para produzir veículos elétricos
11 julho, 2022 por
| Nenhum comentário ainda

A eletrificação do setor automóvel é cada vez mais evidente e as marcas têm vindo a apostar nos veículos elétricos e a anunciar novidades neste sentido. E a Mercedes não é exceção. As mais recentes notícias indicam que a conceituada empresa alemã está a preparar as fábricas para levar a cabo a produção de uma nova linha de carros elétricos.

De acordo com a agência Reuters, a Mercedes está a ajustar a sua rede de fábricas de forma a conseguir instalações para a produção da sua nova linha de carros elétricos de luxo. Ao mesmo tempo prepara-se para mudar-se definitivamente para os elétricos até ao final desta década.

Os dados revelados indicam que a marca alemã tem como objetivos conseguir a redução das emissões de CO2 para metade por cada carro de passageiros ao longo do ciclo de vida até ao final de 2030. Segundo Joerg Burzer, membro do conselho de produção e rede de fornecimento, “estamos prontos para a rápida escalada do volume dos carros elétricos“. Burzer adianta, ainda, que esta nova configuração de fábricas teve por base as conversações entre a administração e os representantes dos trabalhadores da marca.

A Mercedes afirma, ainda, que as fábricas de Sindelfingen, Bremen e Rastatt, localizadas na Alemanha, assim como a Kecskemet, na Hungria, vão iniciar a produção dos novos modelos de EVs, direcionados para o segmento dos carros de luxo topo de gama, luxo básico e luxo de gama baixa, já a partir de meados desta década. Os detalhes indicam que os sistemas de bateria vão ser fornecidos por uma rede de produção que conta com fábricas em três continentes.

Em comunicado, a marca avança que “a produção local de sistemas de bateria é um fator chave de sucesso para o incremento elétrico da Mercedes-Benz e um componente decisivo para responder à procura global de veículos elétricos de forma flexível e eficiente”.

É importante, ainda, realçar que na passada quarta-feira, dia 6 de julho, o Parlamento Europeu aprovou a controversa medida que propõe o fim das vendas de veículos com emissões poluentes até 2035, no âmbito do pacote climático ‘Fit for 55′. Na prática, tal implica que, a partir de 2035, deixe de ser possível colocar no mercado na União Europeia (UE) este tipo de carros.


Fonte: pplware

PARTILHAR
Iniciar sessão to leave a comment