Elétrico, híbrido ou combustão. Qual destes carros pode arder com mais facilidade?
19 janeiro, 2022 por
| Nenhum comentário ainda

A Auto Insurance EZ, companhia de seguros norte-americana, reuniu os dados recolhidos pelo National Transportation Safety Board. Este último organismo é responsável por agregar e partilhar informações relativamente aos sistemas de transporte. 

Geralmente, existe a conceção errada de que os veículos elétricos tendem a arder com maior frequência, comparativamente com os veículos a combustão, devido às baterias instaladas. O trabalho dos especialistas permite-nos perceber definitivamente que tipo de mecânica pode criar mais perigo de fogo.

Com os dados reunidos em 2021, nos EUA foram registados 52 incêndios com VEs, número muito inferior aos modelos a combustão com 199.533. Os Híbridos destacam-se com 16.051 casos de incêndio.




Importa também comparar estes números por cada 100.000 unidades em circulação para perceber o número de fogos relativo à quantidade de carros nas estradas. Desta forma, é fácil verificar que os veículos com maior risco de arder são os híbridos, com 3474,5 casos por cada 100 mil unidades, colocando os automóveis a gasolina em segundo lugar, com 1529.9 casos por cada 100 mil unidades. Já os elétricos registam um melhor valor, apenas 25,1 incêndios por cada 100 mil carros em circulação.


Fonte:

Observador - Eléctrico, híbrido ou combustão: que carros ardem mais?


PARTILHAR
Iniciar sessão to leave a comment