BMW: Fim dos concessionários na Europa
31 maio, 2022 por
| Nenhum comentário ainda

Pieter Nota, diretor do Grupo BMW, anunciou recentemente novidades para a marca, quer em termos de modelos quer em termos de vendas e marketing. O grupo revelou que vai optar pela distribuição direta.

Até hoje, o modelo de distribuição dos veículos da BMW dependeu dos concessionários - estes determinavam os preços, as promoções, os clientes e a assistência. A recente decisão do grupo alemão implica que, em breve, os preços passarão a ser fixos e com vendas online, controladas pelo construtor. Assim, os concessionários irão passar a agentes e os vendedores a especialistas do ramo automóvel - não com o propósito de vender mas sim de direcionar, auxiliar e esclarecer os clientes relativamente a todos os pormenores sobre os modelos.

Os concessionários que, anteriormente, lidavam com a colocação de encomendas à fábricas, pagamentos de carros ao construtor, gestão de stock e descontos aos clientes passam agora a limitar-se a realizar entregas de veículos e esclarecer todos os detalhes do modelo ao novo dono. A comissão passa a rondar ⅕ do valor anterior.


Outras marcas

Esta decisão não é exclusiva ao Grupo BMW. Também o Grupo Volkswagen, nomeadamente a Audi, a Mercedes e a Stellantis vão aderir ao agenciamento e à distribuição direta, quer neste ano quer no próximo.


Fonte: Observador


PARTILHAR
Iniciar sessão to leave a comment