Conhece o melhor Calçado para trilhos
23 fevereiro, 2022 por
| Nenhum comentário ainda

Caminhar e correr têm vindo a tornar-se atividades ainda mais populares durante a pandemia, visto que são uma opção segura e saudável para fazer exercício. Além disto, conseguimos respirar um pouco de ar que, por vezes, as máscaras não permitem tão bem. Com diversos tipos de paisagens e diversos tipos de trilhos, o calçado pode nem sempre ser adequado, desta forma, apontamos alguns cuidados a ter.


Conhecer o Calçado

Utilizar o calçado escolhido no dia-a-dia, antes de partir para uma aventura, pode ser benéfico para que este se adapte melhor ao seu pé. 

Para escolher o tipo de sola devemos olhar primeiro para o mercado. Algo que garanta uma excelente capacidade de aderência em superfícies molhadas e secas, para além da flexibilidade de longevidade do produto.


“Há vários tipos de solados especiais. Para escalada, são feitos de borracha, lisos e sem travas, para serem aderentes à rocha. Já para atividades em ambientes molhados, os de silicone são indicados. Para calçados de trekking, o mais importante é que o solado esteja inteiro, com os gomos bem preservados”, aconselha o presidente da Associação Carioca de Turismo de Aventura (Acta), Fábio Nascimento.


No que toca à parte superior do calçado os que têm o “cano” mais alto são os que protegem  mais o tornozelo, oferecendo maior apoio. Ideais para quem percorre longas distâncias ou carrega uma mochila mais pesada. Os “canos” mais baixos dão menos suporte mas garantem maior leveza e flexibilidade, sendo adequado para caminhadas em terrenos lisos e mais fáceis. Há quem considere esta última a opção mais confortável.


O revestimento também deve ser tomado em consideração, especialmente para trilhos molhados. Impermeáveis são a melhor opção, impedindo a entrada de água e facilitando a transpiração. Reserve os materiais mais pesados, como couro, para caminhadas em montanhas médias e altas. Importante referir que o tecido das meias deve ser tomado em consideração. O algodão tradicional apesar de absorverem água mais facilmente, têm secagem lenta e podem causar bolhas. Meias de dupla camada indicadas para trekking são uma boa escolha.


Assim, dependendo da dificuldade dos trilhos, devemos adaptar o nosso calçado:

Trilhos Fáceis: Sapatilhas desportivas ou botas com sola aderente, tecnologia amortecedora e “cano” baixo;

Trilhos Médios: Botas de trekking são recomendadas, bem como um “cano” mais alto. Investir em solas com tecnologias aderentes e amortecedoras. Materiais impermeáveis para percursos com água;

Trilhos Avançados: Botas de trekking com materiais resistentes. Botas para escalada para se for necessário trocar. Ficar atento a outro tipo de equipamentos que possam ser necessários.


Fonte:

Globo - Do iniciante ao avançado, um guia para escolher o calçado de trilha ideal


PARTILHAR
Iniciar sessão to leave a comment