Top 10: os elétricos mais vendidos na primeira metade de 2022 na Europa
Descobre quais se mantiveram no top desde o ano passado.
25 outubro, 2022 por
| Nenhum comentário ainda

O mercado de carros elétricos, ainda que marcado pela falta de semicondutores e pelos constrangimentos relativos à covid-19 e à guerra, tem apresentado provas de crescimento. Entre janeiro e julho de 2022, as vendas de veículos 100% elétricos na Europa ultrapassaram as 750.000 unidades.

No ano passado, o top 5 de vendas na Europa era constituído da seguinte forma:

5º lugar: Kia e-Niro
4º lugar: Volkswagen ID.4
3º lugar: Volkswagen ID.3
2º lugar: Renault Zoe
1º lugar: Tesla Model 3

Houve, no entanto, algumas mudanças no pódio na primeira metade de 2022. Confere:


10º lugar: Dacia Spring (22.755 unidades)
O automóvel 100% elétrico mais barato à venda em Portugal conquistou um lugar no top 10.




9º lugar: Hyundai Kauai EV (23.969 unidades)
O crossover, cujo preço baixou em 2021, oferece conforto aliado à praticabilidade.




8º lugar: Kia e-Niro (23.981 unidades)
O crossover apresenta uma autonomia de 455 km e 204 cv de potência. No ano passado, alcançou o 5º lugar na lista.




7º lugar: Renault Zoe (24.502 unidades)
O modelo, que já é habitual na lista dos mais vendidos, tinha alcançado o 2º lugar no ano passado. Foi recentemente anunciado que, apesar do sucesso das vendas, o modelo não vai ser substituído por uma nova geração.




6º lugar: Peugeot e-208 (26.602 unidades)
Com uma autonomia superior a 300 km em condições reais, o modelo permite carregar 80% das baterias em apenas 30 minutos.




5º lugar: Skoda Enyaq (26.908 unidades)
Considerado um dos melhores modelos de sempre da marca Skoda, o Enyaq apresenta um preço competitivo no mercado português.




4º lugar: Volkswagen ID.4 (28.669 unidades)
O modelo, que manteve o seu lugar na lista comparativamente ao ano passado, anunca até 514 km de autonomia.




3º lugar: Fiat 500 (38.213 unidades)
Aquela que pode ser, para muitos, a surpresa desta lista. O Fiat 500 elétrico apresenta uma autonomia em ciclo combinado WLTP até 320 km e carregamentos rápidos para as deslocações diárias (50 km em 5 min).




2º lugar: Tesla Model 3 (40.679 unidades)
Apesar de ter perdido a liderança, as vendas do Tesla Model 3 continuam em ascensão. Estas devem-se a características únicas ao veículo, como a autonomia superior a 600 km.
 



1º lugar: Tesla Model Y (47.003 unidades)
Não é surpresa que os europeus privilegiam o formato SUV, o que resulta num crescimento acentuado do modelo Y relativamente ao 3. Espaço não falta neste modelo, podendo sentar até sete ocupantes no habitáculo e mais de 2000 litros de carga.



Fontes: Dinheiro Vivo, Razão Automóvel

PARTILHAR
Iniciar sessão to leave a comment