Inovação: Painéis solares verticais
27 julho, 2022 por
| Nenhum comentário ainda

As inovações tecnológicas no que diz respeito aos painéis solares têm-se feito ver, desde o aumento da eficácia, à durabilidade das células e módulos fotovoltaicos, até aos locais onde podem ser colocados - como terra, mar e até albufeiras. Mas a evolução não parece que está a abrandar.

Os parques solares têm vindo a crescer e a ocupar muitos hectares de terreno. E, devido à sua horizontalidade, praticamente não permitem que nada cresça debaixo das estruturas, havendo hectares de terreno sem qualquer outra utilidade, sendo uma desvantagem para os donos destes espaços.

A mais recente inovação vem combater este problema, com a aposta em painéis solares verticais, onde é possível alcançar picos de energia de manhã e ao final da tarde, diminuindo a carga dos sistemas fotovoltaicos nas redes elétricas. O que também significa que é necessária menos capacidade de armazenamento de energia.

 

Contudo, não é só nos terrenos que podem ser colocados estes painéis solares verticais. A empresa alemã WeDoSolar fornece painéis solares verticais que podem ser facilmente instalados em varandas de moradias ou apartamentos por qualquer pessoa, ainda que não sejam especializadas. Além disso, são equipados com bandas à prova de condições meteorológicas adversas, pesam apenas 1kg e podem ser transportados para outra casa sempre que necessário.

A WeDoSolar pretende fornecer uma ferramenta às pessoas que seja de fácil utilidade e que permita alimentar os eletrodomésticos de casa de forma sustentável e prática. Mais do que isso, os utilizadores podem monitorizar a quantidade de CO2 economizada, através de uma central elétrica virtual.



Os painéis solares verticais foram desenvolvidos por engenheiros alemães e deram resposta à necessidade de Karolina Attspodina e do cofundador da startup WeDoSolar na altura em que estavam à procura de soluções mais rápidas para reduzir as emissões de CO2. Os painéis solares comercializados pela empresa alemã poderiam ajudar os europeus a reduzir a sua pegada de CO2 em 600 kg e a poupar 25 % em energia.


Fontes: Pplware; Pplware


PARTILHAR
Iniciar sessão to leave a comment