Dicas para a pós compra de um carro elétrico
É importante sabermos as potencialidades do nosso carro, e quando toca aos elétricos há novas tecnologias que devemos entender para melhor usufruir dos nossos veículos.
7 janeiro, 2022 por
| Nenhum comentário ainda

Revelamos assim, quatro pontos importantes a ter em conta:

  • Carregamento dos carros – Com o crescimento das redes energéticas e pontos de carregamento elétricos, tornou-se mais simples e cómodo recarregar as baterias dos nossos carros. Contudo, é importante escolher os melhores sítios para o fazer (Centros Comerciais, Cafés ou até Parques) pois o carregamento não é instantâneo. A rede pública de carregamentos possui três tipos diferentes de postos: os normais de 3,7 kVA, os semirrápidos de 22kVA e os postos rápidos de 43kVA. Os considerados mais benéficos são os de 3,7kVA pois ajudam a preservar a capacidade da bateria (são também os de carregamento mais demorado);

  • Cartão de Carregamento na rede pública – Para poder usufruir destes postos, terá de fazer um contrato com um Comercializador de Energia de Mobilidade Elétrica (CEME), que são as empresas fornecedores de energia. Depois de obter este cartão, será mais acessível carregar o seu carro. Mesmo assim, estes automóveis podem ser carregados praticamente em qualquer tomada elétrica;

  • Autonomia – Para “desmistificar” um bocadinho o mito da fraca autonomia, um carro elétrico consegue, em média, percorrer 500km antes de um novo carregamento. E mesmo percorrendo uma distância superior, com o aumento de postos de carregamento, este fator não se apresenta como um grande entrave à mobilidade elétrica;

  • Manutenção – Sendo um carro elétrico, as revisões e substituições periódicas de peças tornam-se muito mais raras. Um elétrico deverá fazer uma revisão a cada 50.000km, comprado a um veículo convencional que faz uma revisão a casa 15.000km. Os carros a combustão possuem muito mais peças e componentes que exigem uma constante atenção. 

Resumindo, apesar do custo inicial de um elétrico ser, à partida, superior ao de um carro a combustão, o utilizador acaba por economizar em combustível e manutenção. Ao mesmo tempo, os incentivos fiscais permitem reduzir significativamente o valor de custo do automóvel (dedução do IVA do veículo, apoios monetários estatais para a compra do veículo, entre outros).


Fontes:

Autoportal - Hyundai revela 5 dicas que precisa de saber antes de comprar um carro elétrico

PARTILHAR
Iniciar sessão to leave a comment